NOSSA HISTÓRIA

A história começa com um dos moradores mais antigos, sr. Joaquim Fernandes da Silva, que teve grande conhecimento com o sr. José Tibúrcio Feio, descobridor deste município, com o qual constantemente conversava sobre sua descoberta.

Dizia então José Tibúrcio Feio que, em um dia de domingo do mês de agosto do ano de 1898, em uma de suas caçadas, se aprofundou nas matas virgens quando verificou um cachorro que lhe acompanhava com os pés molhados, sinal de que ali perto existia água, como realmente com ligeira busca encontrou uma lagoa, que hoje é considerada como uma riqueza do município, e que tomou o seu nome. Ficou muito alegre e, voltando a sua moradia deu a notícia a sua mulher, que em dias depois, trouxe-a para esse local.

Como vinham se alimentando sem sal, resolveu então enfrentar as matas para ver se conseguia um local próximo onde o comprasse; com três dias saiu no povoado Caximbos que fica distante 48 quilômetros desta cidade; lá fez suas compras e voltou; daí em diante passou mandar a mulher para fazer tal serviço.

A notícia foi se propalando, começando a chegar outros elementos para fazerem moradia junto à lagoa. Com a abundância de água e a fertilidade das terras, que se prestavam a todas as culturas e criação, rapidamente tornou-se uma povoação, sendo que em 1932, iniciou a entrada de nordestinos,

o que até hoje continua, contribuindo assim para o seu desenvolvimento.

Por ter sido descoberto em um dia de domingo foi daí a origem do seu nome atual – São Domingo.

Gentilíco: são-dominguense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Pucumã, pela lei estadual nº 269, de 31-12-1948, subordinado ao município de Colinas ex-Picos.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Pucumã figura no município de Colinas.

Elevado à categoria de município com a denominação de São Domingos do Maranhão, pela lei estadual nº 750, de 24-09-1952, desemembrado de Colinas e Presidente Dutra, sede no atual distrito de São Domingos do Maranhão ex-Pucumã. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1953.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte:IBGE




HINO DA CIDADE


LEI DE CRIAÇÃO

MUNICÍPIO DE SÃO DOMINGOS DO MARANHÃO

LEI nº. 756 DE 24 DE SETEMBRO DE 1952. Cria o Município de São Domingos do Maranhão.

O Governador do Estado do Maranhão,

Faço saber a todos os seus habitantes que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° - É criado o Município de São Domingos do Maranhão, constituído pelo atual de Pucumã, antigo São Domingos, desmembrado dos municípios de Colinas e Presidente Dutra, de acordo com os limites fixados na presente Lei.

Art.2º - O município de São Domingos do Maranhão fica subordinado ao termo sede da Comarca de Colinas.

Art.3º - É elevada à categoria de cidade e convertida em sede de Município o atual povoado de Pucumã.

Art.4º - O Município é constituído por um só distrito.

Art.5º - São os seguintes limites do atual Município:

LIMITES MUNICIPAIS

1 – Com o Município de PRESIDENTE DUTRA:

Começa no ponto de entroncamento do divisor de águas Itapecuru – Pucumã com o divisor Mearim – Itapecuru; segue por este ultimo divisor até o ponto de intersecção do mesmo, com a reta geodésica que une a foz do rio Flores, afluente da margem direita do rio Mearim, à foz do rio Corrente, afluente da margem direita do rio Itapecuru.

2 – Com o Município de CAXIAS:

Começa no ponto de intersecção do divisor de águas Mearim-Itapecuru com a reta geodésica foz do Flores – foz do Corrente; desse ponto, segue pela mesma reta geodésica, até o ponto de intersecção da mesma, com o divisor de águas Itapecuru – Pucumã.

3 – Com o Município de COLINAS:

Começa no ponto de intersecção da reta geodésica, foz do Flores foz do Corrente, com o divisor de águas Itapecuru – Pucumã; desse ponto de intersecção, segue por este divisor até o entroncamento com o divisor Itapecuru – Mearim.

DIVISAS INTERDISTRITAIS

O Município é constituído por um só distrito.

Art.6º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação revogadas as disposições em contrário.

Mando, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da presente Lei pertencerem que a cumpram e façam cumprir tão inteiramente como nela se contém. O Secretário de Estado dos Negócios do Interior/Justiça e Segurança e faça publicar, imprimir e correr.

Palácio do Governo do Estado do Maranhão, em São Luis, 24 de setembro de 1952, 131º da Independência e 64º da Republica.

Eugenio Barros
Alexandre Costa

 

Este texto não substitui o original publicado em imprensa oficial.



Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!